Chemainus – a cidade dos paineis urbanos no Canadá

No nosso trajeto de carro entre Vancouver e Victoria, já em Vancouver Island, aproveitamos para conhecer Chemainus.Chemainus - Vancouver IslandChiemainus - CanadáChemainusChemainus

Chemainus é uma cidade pequena que fica no caminho entre Nanaimus (onde chega o ferry) e Victoria. Por lá passaram muitos imigrantes que trabalharam em minas de carvão, mas ela se tornou conhecida por seus painéis, grandes pinturas nas paredes que retratam a história da cidade.

ChemainusChemainus, BC

Há um percurso, marcado no chão com pegadas, que passa pelos 39 murais.

Mural Chemainus

Chemainus

Pegadas entre os murais em Chemainus

 

Chegamos no fim da tarde e não havia nenhum movimento pelas ruas. Algumas poucas lojinhas simpáticas estavam abertas. HAvia alguns restaurantes mas acabamos optando pelo Willow Café, que estava muito gostoso.

IMG_6444bx Chemainus - Canadá

 

 

Outros post da viagem pelo Canadá:

• Canadá com crianças um destino surpreendente

• Vancouver com Crianças

• Victoria com Crianças

• Como é Viajar de Motorhome

• A Estrada Mais Bonita do Mundo

 Capilano Bridge: a maior ponte pensil do mundo

• Roteiro pela estrada mais bonita do mundo – Icefields Parkway

• Butchart Gardens

• Ferry para Victoria com Pic Nic (Canadá)

Roteiro pela Estrada Mais Bonita do Mundo – Icefields Parkway

Trans Canada 1

Dia 1 – Vancouver – Salmon Arm (Pierre’s Point)

Marcamos para pegar os motorhomes (Canada Cruise e Canadream de manhã). Passamos no Wallmart mais próximo e em seguida pegamos a Trans Canada 1. No fim do dia chegamos em um local chamado Salmon Arm (BC). O nome do camping  era Pierre’s Point. Nossa primeira noite no motorhome foi em grande estilo, na beira do lago. Este camping é bem estruturado, com recepção, banheiros completos, playground, locais para fogueira e mesa para cada RV, lenha, lavanderia, eletricidade, descarga etc.

Salmon Arm

Dia 2 – Lake Louise (Johnston Canyon)

Encontramos a “Estrada mais Bonita do Mundo” (Icefield’s Parkway, na altura do Lake Louise. Aproveitamos para conhecer o famoso lago (belíssimo). Dirigimos mais um pouco em direção a Banff e nos instalamos camping Johnston Canyon. Os campings dentro dos parques nacionais de Banff e Jasper tem estrutura bem mais simples. Nesta noite dormimos no no meio das árvores. O Johnston Canyon tem banheiros bons e limpos e local para fazer fogueira ao lado do motorhome. Mas não tem energia elétrica ou descarga para os RV’s.

Johnson's

Observação: Os campgounds ficam lotados no fim da tarde, chegue cedo ou faça reserva.

Dia 3 – Banff (Tunnel Campground)

Garantimos nosso lugar no Tunnel logo cedo. Nos instalamos e fomos passear em Banff. A cidade é bem pequena e  super simpática, cheia de lojinhas e restaurantes. Estacionamos nos estacionamentos para RVs e ficamos passeando. Subimos no teleférico onde a vista das Rocky Mountains é belíssima. Há muitos programas, rafting e trilhas na região, que também é famosa por causa de banhos termais. Adoraria voltar para passar mais um ou dois dias na cidade e fazer mais alguns programas.  Em Banff comemos de novo no The Old Spaguetti Factory (fiz um post para o blog Destemperadinhos sobre este restaurante).

BanffBanffBanff (Canada)

Tunnel fica em um local deslumbrante. É bem mais urbanizado do que o Johnston Canyon (tem ruas pavimentadas), mas fica entre montanhas nevadas, que dão um charme para o lugar. Os banheiros são ótimos e ele tem eletricidade e descarga para RV’s (não são individuais).

Estrada Canada

Dia 4 – Lake Louise – Lake Morraine (Jonas Creek)

Como o dia estava lindo e o céu azul decidimos repetir o Lake Louise e conhecer o Lake Morraine. Valeu a pena, as fotos ficaram lindas. Depois pegamos a estrada. Nesta noite dormimos no camping mais selvagem de toda a viagem, o Jonas Creek. Ele não tinha energia, nem banheiro, nem água, nem recepção. Nada. Além disto, muitos avisos de cuidado com os ursos, ou seja… foi uma noite emocionante. O campground fica na beira de rio e é cercado de montanhas.

Ursos

Dia 5 – Glacier – Athabasca Falls (Whistlers Campground)

No nosso último dia pela estrada passamos pelo Athabasca Glacier, uma geleira enorme que pode ser visitada com caminhões adaptados com rodas enormes. É muito frio mas foi muito divertido para as crianças.

Athabasca Glacier

Outra atração deste trecho é a Athabasca Falls, corredeiras que esculpiram a pedra de uma maneira muito interessante.

Athabasca

O campground Whistlers foi a nossa base para Jasper. Este campground também é bastante estruturado, com bons banheiros e até um teatro ao ar livre. As crianças adoraram o playground.

Whistlers

Dia 6 – Jasper (Campground Clearwater)

Jasper é ainda menor que Banff mas também é cheia de restaurantinhos simpáticos. Alguns muito bem recomendado. Jantamos no grego Karouzo’s. A cidade também é a base para diversas atividades, river rafting de diversas intensidades. O teleférico leva para para uma trilha fantástica no alto da montanha. Aproveitamos o máximo que pudemos e depois pegamos a estrada rumo a Vancouver. Para dormir escolhemos um camping da rede KOA  em Clearwater com direito a banheiros limpos, eletricidade, piscina, loja de conveniencias e tudo o que você poder esperar!

Jasper

Há centros de informações turísticas na entrada de Banff, Jasper e do Lake Louise com bastante informações de programas, mapas, horários de abertura e fechamento dos locais de visitação, trilhas, telefones para fazer reservas de hotel/ campings, etc.

Veja mais fotos e mais dicas neste post. : https://coisasdemae.wordpress.com/2013/08/09/a-estrada-mais-bonita-do-mundo-nosso-roteiro-de-motorhome-no-canada/

Neste mapa é possível entender bem a estrada entre Calgary e Jasper.

Nosso roteiro completo pelo Canadá (outros posts):

Vancouver

  • Chinatown
  • Vancouver Aquario
  • Stanley Park de bicicleta
  • Granville Island

Vancouver Island

As viagens de 2013

2013 foi um ano trabalhado, um ano investido, um ano de risada e de estrada. Mais feliz do que 2012. Um ano de recuperação. De fortalecimendo. As amizades de todos os lados, trazem cada vez mais alegrias. E a família anda cada vez mais grudada. Só posso agradecer.

E as viagens…

Acho que começar o ano nas praias do nordeste traz bons fluídos 😉 #ficaadica Ótima desculpa para repetir a experiência né? Em 2012, foi entre Sergipe e Alagoas, em 2013 foi entre Taipu de Fora e Imbassaí (na Bahia). Este ano vou subir o litoral do Brasil mais um pouquinho…

Taipu de Fora

Depois veio um período de espera até a realização da grande aventura que foi a viagem de motorhome pelo Canadá (com direito a passar o dia no Rio na ida e na volta).

Motorhome por dentro

Na volta foi aniversário do Pedro, e ele pediu de presente uma viagem com os amigos: fomos acampar com 4 meninos no Canion de Guartelá (post aqui)

Guartela

Em outubro, aproveitamos uma super oferta que vimos no Melhores Destinos e fomos para  Orlando com as crianças com uma paradinha em Atlanta (post aqui).

Magic Kingdom

E terminamos o ano em Buenos Aires, desta vez sem as crianças 😉

Buenos Aires

Bom, não estou contando as “ponte aéreas” para o lançamento do guia do Alexandre Herchcovitch, né?

Muitas horas de aeroporto, de espera, na frente do computador emitindo passagens de milha, confirmando, fazendo itinerários, planejando, fazendo reservas e montando albuns na volta.

Que venha 2014, e que seja um ano incrível, cheio de realizações (e viagens, sempre) para todos com quem troquei dicas, mensagens, pessoas que dividiram ideias, compartilharam roteiros e fizeram parte da minha vida este ano!

Capilano Bridge (Canadá) – a maior ponte pensil do mundo

A Capilano Bridge fica no norte de Vancouver (British Columbia) e passa por cima do Capilano River. Ela tem 140 metros de extensão e é considerada a maior ponte pensil para pedestres dos mundo.

IMG_6371bx

É um passeio bem bacana porque no parque, além da ponte, há outras atrações. Uma dela é a maior coleção particular de tótens indígenas (first nations). São dezenas e eles são coloridíssimos. Em cada um nós descobrimos uma animal diferente.

Capilano Bridge - Vancouver

Há também duas trilhas, uma pela encosta do morro (um pouco mais longa) e outra por cima das árvores (Treetops Adventure)!

IMG_6390bx

Passar pela ponte é emocionante até para quem não tem vertigens com altura. As crianças, é claro, se divertem com a insegurança dos adultos.

IMG_6398bx

A estrutura conta ainda com banheiros, lojinha, restaurante e até um mini guia com curiosidades para crianças! Em diversos pontos do parque há lugares onde as crianças podem carimbar seu guia.

IMG_6367bx

Serviço:
3735 Capilano Road, North Vancouver,
Aberto das 8h30 às 20h
Crianças menores de 6 anos não pagam
De 6 a 12 anos $ 12
Adultos $ 35
 

IMG_6364bxb

Outros posts desta viagem
 
Canada com crianças
Vancouver com Crianças
A estrada mais bonita do mundo
Como é Viajar de Motorhome

Como é viajar de motorhome

Eu tenho muitas coisas para contar sobre a viagem no Canadá. Mas sem dúvidas, a mais divertida de todas é sobre o trecho que fizemos de motorhome.

Motorhome por dentro

Nossa família gosta de viajar e gosta de aventura, mas nenhum de nós havia feito uma viagem de motorhome ou mesmo de trailler. Nossa experiência se limitava a acampar. Mesmo assim, faz muito tempo que não acampamos (estou descontando os acampamentos no aniversário do Pedro, em casa). Era um sonho antigo de todos. Meu pai já tinha até feito carteira de habilitação para dirigir caminhão (em alguns países é necessário ter este tipo de carteira para dirigir o motorhome).

O Canadá foi escolhido por vários motivos:

Motorhome no Canada

• o país é conhecido por paisagens belíssimas. O trecho que percorremos, entre as Rocky Mountains é chamado de “a estrada mais bonita do mundo”. É tudo tão bonito que parece aqueles quebra-cabeças de 5000 peças!

• as estradas são boas e preparadas para receber motorhomes. Sinalizadas, largas e em ótimo estado de conservação;

• existem diversas empresas que fazem locação de motorhome na região.

RV CANADA

Foram 7 dias viajando. Como éramos 8 pessoas (incluindo as 2 crianças) precisamos alugar 2 RVs (motorhome também é chamado de Recreational Vehicle). O maior era para 7 pessoas. Com duas camas de casal, fogão, pia, banheiro, chuveiro, microondas, geladeira e mesa com 4 lugares. A noite, o sofá e a mesa viravam cama. A cabine era ligada com o resto do veículo.

O outro era um pouco menor. O carro era uma pick up (grande) cabine dupla. Este era para 3 pessoas e não havia ligação entre o carro e a carroceria. Mas ele também tinha fogão, pia, geladeira, banheiro e chuveiro.

Jasper National Park

Fogueira camping

Existem 2 grandes vantagens em viajar no próprio local onde se dorme: a primeira é que você muda de lugar constantemente mas não precisa fazer e desfazer a mala. Suas coisas estão sempre no lugar, guardadas e organizadas. Um aspecto que conta muitos pontos para quem viaja com dois filhos. A outra é que a viagem fica muito mais leve. 5 horas na estrada passam super rápido porque é como se você estivesse na sala de casa e ela estivesse sendo transportada. É preciso usar cinto de segurança, mas é possível levantar para beber alguma coisa, esticar a perna ou comer alguma coisa.

Nós assistimos filme, jogamos baralho e ficamos botando o papo em dia. No total fizemos 2200 km.

Levei a cadeirinha para Luiza aqui do Brasil pois não tinha a intenção de comprar um nova e alugar era muito caro.

No Canadá há muitos campings e campground preparados para receber motorhomes de diversos tamanhos. Eles são super organizados. Na maioria há banheiros limpos, com água quente, rede elétrica e de esgoto para cada veículo. Em cada espaços há também uma mesa com bancos e um espaço apropriado para fogueira.

Motorhome por dentro

Passamos em um wallmart no primeiro dia da viagem e fizemos uma boa compra. Durante a viagem fizemos super refeições e jantares com direito a marshmellow na fogueira de sobremesa.

Family Fun

Viajar de motorhome é uma grande brincadeira. O Nuno estava brincando de dirigir um caminhão, as crianças estavam brincando de fazer aventura, e eu brincando de… ser desapegada. kkkk

Canada com crianças

Acho que o primeiro sinal de que a brincadeira tinha começado foi quando, antes mesmo de sair do estacionamento da locadora, uma mulher que estava entregando seu motorhome veio no oferecer um MACHADO pequeno.

Por um segundo me perguntei: “Por que ela ACHA que vou precisar de um machado?” 

Fato é que usamos. Foi super útil!

Canada

O segundo momento de pânico foi quando ficamos em um campground, no parque nacional de Jasper, onde não havia nem luz, nem banheiro, nem água. Neste dia não tomei banho. No primeiro momento fiquei meio em choque, mas depois cheguei a conclusão que nossos banhos, estes que a gente toma, bem quentes, com muita água, demorados, todos os dias, são OVERRATED

Só para esclarecer, o motorhome tem água, luz, aquecimento, gerador próprio, mas não o suficiente para 6 pessoas tomarem banhos  LONGOS e lavar a louça!

Acabamos alugando os motorhomes em empresas diferentes. O maior era da CRUISE CANADA, que é um pouco mais barata. O menor, foi alugado na CANADREAM, era mais novo.

Canadajul2013522bx

E ai, o que acharam? Rola? Alguma pergunta? dúvidas?

 

OUTROS POSTS DA VIAGEM

• Canadá com crianças um destino surpreendente

• Vancouver com Crianças

• Victoria com Crianças

• Como é Viajar de Motorhome

• A Estrada Mais Bonita do Mundo

 Capilano Bridge: a maior ponte pensil do mundo

• Roteiro pela estrada mais bonita do mundo – Icefields Parkway

• Butchart Gardens