Snowland com filhos pequenos

Nesta onda de Frozen, Anna e Elsa, minha filha ficou encantada com tudo relacionado a neve. Então aproveitamos uma viagem para Caxias do Sul para conhecer o Snowland, uma parque de neve fechado em Gramado.

Snowland Crianças Pequenas

Foi a segunda vez que fazemos uma viagem só com a Luiza, sem o irmão mais velho – que tinha uma acampamento do escoteiro. Como ela é a mais nova, isto raramente acontece, em poucas ocasiões ela tem a atenção só para ela. O programa foi uma delícia. Chegamos em Gramado sexta a noite e nos hospedamos no Hotel Serrano (depois vou fazer um post). No dia seguinte, tomamos café e fomos para o Snowland, a 7 km do hotel. O Snowland é o primeiro parque de neve coberto da América Latina. Fomos a um parque como estes em Dubai, mas a Luiza era muito pequena, só o Pedro aproveitou.

Snowland

Você quer brincar na neve?

Chegamos logo que o parque abriu, um pouco depois das 9, para evitar filas. Mesmo quem compra o ingresso com antecedência (nós compramos pelo site), precisa trocar o voucher pelas pulseiras. Nosso ingresso dava direito a duas horas na Montanha de Neve. Não é possível sair (para almoçar, por exemplo) e depois retornar.

O parque é dividido em Vilarejo Alpino, Montanha de Neve e Restaurante e Observatório.

VILAREJO ALPINO fica logo depois da entrada. Lembra uma mini cidade das estações de esqui. Há algumas lojinhas e uma  pista de patinação no gelo. Quando chegamos quase não havia fila para patinar, mas quando saímos a fila era enorme. Apenas crianças maiores de 6 anos podem patinar.

Snowland_0488

Logo que entramos ganhamos uma senha para a entrada na área da MONTANHA DE NEVE. Nosso número foi anunciado logo em seguida (5 minutos de espera). Entramos na ÁREA DE PREPARAÇÃO, onde  passamos por 3 balcões onde pegamos as roupas adequadas para o frio, luvas, capacete e botas. As bolsas, sapatos e casacos ficam em um armário (locker) que custa R$ 10. Um só armário foi o suficiente para as tralhas de toda a família.

Esqui no Snowland, em Gramado

SNOWPLAY

A temperatura dentro da Montanha de Neve é de -4ºC. Fomos direto no ESQUIBUNDA, um grande “escorregador” na neve que sai de dentro de um castelo de gelo. Nesta atração só é permitida a entrada de crianças até 7 anos. Elas escorregam em uma prancha inflável. A Luiza foi dezenas de vezes. Para os “grandes” (maiores de 10 anos) a brincadeira mais divertida é  uma pista de esquibunda maior.

SnowplayDepois demos uma volta no GLACIAL, onde há uma exposição de animais mecatrônicos como mamutes, tigres-dente-de-sabre, e ursos das cavernas.

Snowland - Animais Mecatrônicos

Animais Mecatrônicos

DICAS:

• O empréstimo da roupa necessária para a brincadeira está incluída no ingresso.

• Atividades e roupas para esquiar ou fazer snowboard não estão incluídas no ingresso;

• A idade mínima para entrada na Montanha de Neve é 4 anos;

• Para crianças pequenas são fornecidas 2 luvas pois elas sentem muito frio nos dedinhos. Me deram a dica de colocar uma luva cirúrgica além delas (é preciso levar de casa). Achei que vale a pena!!!

• Vale a pena convencer as crianças a irem no banheiro antes de colocarem toda a roupa de neve porque é muita roupa!!!

• Não fizemos a aula na Escola de Neve;

• Na saída também tem fila para pagar.

Boneco de Neve - Snowland

Antes de sair da Montanha de Neve, tomamos um chocolate quente no Hot Café, mas não chegamos a conhecer o restaurante. Ficamos nos Snowland cerca de 4 horas, com crianças pequenas acho que este tempo é o suficiente.

 

snowland_0533

Lojinha da saída

 

SERVIÇO:

Horário de funcionamento:
De segunda a sextas, das 9h ¡as 18h
Sábados, das 9h as 20h
Domingo, das 9h às 19h.

Endereço

RS 235 – 9009 – Gramado – RS – Serra Gaúcha – Brasil

 No site, o passaporte oferecido custa R$ 59 para as crianças e R$ 79 para os adultos. é possível comprar ingressos na hora, que não sejam “combos”.

 

Mapa retirado do site www.snowland.com.br

 

VEJA OUTROS POSTS SOBRE GRAMADO:
OUTROS POSTS SOBRE SNOWLAND:

 

 

São Paulo com crianças

A última vez que fui a São Paulo com o Pedro, eu estava grávida da Luiza. Ele tinha 4 anos e fizemos vários programas bem legais. O motivo da viagem foi uma exposição do Star Wars lá no subsolo pavilhão da Bienal, no Ibirapuera. Aproveitamos a ida e também fomos o Parque da Mônica do Shopping Eldorado (que não existe mais) e no Zoo Safari.

Este fim de semana foi a estreia (em grande estilo) da Luiza em SP. A desculpa foi o aniversário de uma amiga. Aproveitamos para ir em 4 exposições:

ÁGUA NA OCA

Na sexta-feira fomos ver a Água Na Oca. De todas, esta foi a que o Pedro mais gostou. Os dois se divertiram muito pois ela é bem interativa, tem espaço para correr e tem… água! (Que criança não  gosta de brincar com água!?!). Acho que uma das coisas mais legais é um filme que é projetado no teto, para assistir, você deita em colchões de água espalhados pela sala.

A exposição da ÁGUA só vai até domingo, dia 8 de maio!


Depois da exposição demos um tempo no parquinho do Ibirapuera. As crianças aproveitaram tanto que ficamos fazendo piadas entre nós, dizendo que eles estavam aproveitando tanto porque não tinham muitas oportunidade de brincar no jardim.

O MUNDO MÁGICO DE ESCHER

O mini Pedro e a super Luiza (de saruel da Mammamini e tudo!)

e a mini Luiza com o super Pedro

Na minha opinião, O Mundo Mágico do Escher é imperdível. Para mim, foi a melhor (embora todas tenham sido muito legais). A primeira vez que ouvi falar dela foi no blog da Paloma que mora em Brasilia. Fiquei desesperada porque gosto muita da obra dele e fiquei pirando nas fotos da mostra. Quando a exposição foi para o Rio, vi no blog da Chris. Então soube que estava em São Paulo, meus pais e o nuno quiseram ir. Lá fomos nós, parecia excursão. Nosso hotel era em Pinheiros, decidimos que a melhor maneira de ir para o centro, era de metro.

A caminho do metro

Adorei tudo. Teria ficado muito mais tempo, se pudesse. E penso seriamente em voltar. Além das obras serem super interessantes, as montagens e salas especiais são fasntásticas. Obrigatório para quem é fã e essencial para quem não conhece. Ah, sem falar que o Centro Cultural Banco do Brasil é lindo!Eu achei interessante a visão do Pedro sobre a quebra de perspectiva e dos planos, para ele nem tudo era tão estranho como para mim, acho que alguns planos que para nós não fazem sentido, para ele, talvez ainda façam.

O Mundo Mágico de Escher
Até 17 de julho de 2011
Local: CCBB-SP
Endereço: Rua Álvares Penteado, 112, Centro/ Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô
Horário: terça a domingo, das 9h às 20h

Classificação: Livre
Entrada Franca
 
 

MUSEUS DA LINGUA PORTUGUESA

De lá fomos para o Museu da Língua Portuguesa. Ele tem sido super elogiado e eu ainda não conhecia. Foi um passeio bem bacana, as instalações são lindas! Mas confesso que fiqui um pouco desconfortável porque o ar-condicionado estava muito frio e eu quase congelei. De qualquer maneira recomendo a visita. Para crianças na idade do Pedro (7 anos) a brincadeira interativa com as palavras nas diferentes línguas é muito bacana. No sábado, a entrada é gratuita.

Museu da Lingua Portuguesa
Praça da Luz, s/nº
Centro – São Paulo – SP
(11) 3326-0775
museu@museulp.org.br
 

Para terminar nosso sábado cultural, atravessamos a rua e tomamos um suco no café da Pinacoteca (outro prédio muito bacana que sempre tem exposições que valem a visita). Antes a Luiza brincou um pouco no jardim.

Pinacoteca do Estado de São Paulo
Praça da Luz, 2 São Paulo, SP – Tel. 55 11 3324-1000
 

Quando chegamos no nosso hotel descobrimos que a seleção do Palmeiras estava hospedada lá. Não que o Pedro torça para eles, mas para um fã de futebol, encontrar jogadores profissionais é sempre motivo de emoção.

MASP – 6 bilhões de outros


No domingo de manhã fomos no Masp ver a 6 bilhões de outros. Mesmo tendo visto tanta coisa legal na sexta e no sábado, foi surpreendente. Não tirei fotos porque não era permitido, mas eu tive aquela sensação de querer guardar aquelas imagens e aquelas histórias pra sempre dentro de mim. Mexeu muito comigo. Ideia do fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand, a exposição começou a ser montada em 2003. Milhares de pessoas do mundo inteiro foram entrevistadas, para cada uma foram feitas as mesmas perguntas que falam de família, religião, infância e sonho.

6 BILHÕES DE OUTROS
Onde: subsolo do Masp (av. Paulista, 1578. Tel.: 0/xx/ 11 3251-5644)
Quando: de 20 de abril a 10 de julho; terça a domingo, das 8h às 18h
Quanto: R$15

Zoo Safari

O Zoo Safari é o ex-Simba Safari, um zoológico onde os animais ficam soltos pelo parque (quem tem minha idade deve lembrar). Todo o trajeto é feito de carro (ou de van do próprio zoológico). Em grande parte do trajeto você passa bem pertinho dos animais, em muitos momentos é preciso parar ou desviar deles. Os mais selvagens ficam em um local protegido. A área mais divertida é dos macacos pois eles sobem no carro e as crianças (e os adultos) adoram!

Av. do Cursino, 6.338 – Saúde – Sul. Telefone: 2336-2131.
Ingresso: R$ 8 (crianças de quatro a 12 anos, maiores de 60 anos e estudantes) e R$ 16. Veículo do parque: R$ 14 (crianças de quatro a 12 anos) e R$ 18. Grátis p/ menores de três anos acompanhados de adulto pagante.
Não aceita cheques. Não aceita reservas. Tem acesso para deficiente. Não tem local para comer.
terça a domingo: 9h às 16h (c/ permanência até as 17h)
 
 

Um detalhe importante desta viagem foi a questão de ONDE FICAR com dois filhos já grandinhos. Quando eu era adolescente eu ficava na casa do meu tio. Depois comecei a ficar na casa de amigos, mas agora que a familía tá GRANDE preciso de hotel, e um quarto com um bercinho não resolve mais o meu problema… prometo um post sobre esta saga!

Já a parte gastronomica, na minha opinião, sempre se resolve fácil. Sempre comi bem em São Paulo (embora seja sempre bem amis caro que em Curitiba). Quando fizemos os museus do centro, acabamos comendo por lá mesmo, o nome do restaurante era Restaurante Bancário. Fomos bem atendidos e tanto nós, como as crianças, comemos bem. No domingo almoçamos no Genésio, na Vila Madalena. Por mim, voltava lá hoje mesmo!

 
Genésio
Rua Fidalga, 259 – Vila Madalena – São Paulo – SP
Tel: (11) 3812-6252